injetaveis9.jpg

Injetáveis para Rosto

Apesar de ser conhecida como “a médica do melasma”, em referência ao método personalizado e humanizado com que trato minhas pacientes que (assim como eu!) sofrem com manchas, também sou fã dos procedimentos injetáveis. Gosto de trabalhar com a tríade preenchedor, toxina botulínica e bioestimulador de colágeno e, no caso desse último, associar a radiofrequência sempre que possível para otimizar ainda mais o resultado.

TratamentosInjetáveis para Rosto

Acredito que a toxina botulínica seja o procedimento mais embelezador que existe na dermatologia. A paciente que faz ama, e eu também. Não só pela possibilidade de combater as rugas, mas por também deixar a expressão mais leve e descansada. Para isso, um dos pontos que mais gosto de trabalhar é a sobrancelha: às vezes, a cauda caída deixa o rosto caricato, envelhecido e com aspecto de triste, e ao levantá-la usando toxina botulínica pode ser suficiente para abrir e rejuvenescer o olhar, além de deixa-lo muito mais feminino e sedutor.

Toxina Botulínica

Como o próprio nome diz, o bioestimulador estimula o colágeno na região em que é injetado. O que explica a melhora da densidade e da firmeza da pele sem mudar as proporções do rosto, deixando o resultado totalmente natural. E ele se prolonga por cerca de dois anos, podendo ser otimizado se na mesma sessão do bioestimulador for usada a radiofrequência. O custo-benefício compensa, fale com o seu dermatologista.

Bioestimulador de colágeno

Investi muito para me aperfeiçoar no uso do preenchedor para equilibrar as proporções faciais. Avancei bastante nesse quesito, já que saber onde colocar a substância garante que você não trate apenas os defeitos, mas também valorize as qualidades da pessoa. Essa é a diferença entre preencher pontualmente uma ruga que incomoda sem se certificar se a substância vai pesar e “derrubar” o rosto, deixando-o quadrado e trabalhar a falta de proporção do queixo e das bochechas quando a pessoa acha que o nariz dela é grande e precisa de uma cirurgia. E se o nariz realmente for o problema, o ácido hialurônico ainda pode ser usado para fazer a chamada rinomodulação. Mas, para isso, também é preciso ter conhecimento aprofundado da técnica para saber lidar com a enorme quantidade de nervos e vasos do nariz ao empinar a pontinha, disfarçar a giba, aquele calombo do dorso, ou corrigir assimetrias nas laterais.

Preenchimento com ácido hialurônico

2020.08.07---Perfil-Profissional-Dra.-Sa

Para garantir que o plano de rejuvenescimento fique o mais harmônico possível, adoto a técnica do MD Codes. Trata-se de um eficiente código de pontos que permite ao dermatologista mapear os pontos de sustentação e do rosto e que mais precisam de intervenção médica. O objetivo é ter precisão ao fazer o preenchimento com ácido hialurônico para reduzir a perda de volume, melhorar o contorno facial e prevenir o envelhecimento precoce. O resultado natural é garantido pelo fato de que os cálculos do MD Codes, que alguns chamam de “matemática da beleza”, levam em consideração o formato individual de cada rosto, seus pontos particulares de flacidez, de redução de gordura e de massa óssea.

Harmonização facial com MD Codes, sempre!